Tradução de Dois Feitiços dos Papiros Mágicos Gregos

Fonte: [PGM IV. 2708-2784]
Tradução: Indianara Pereira de Melo.

Pegue cominho da Etiópia e gordura de uma cabra malhada virgem e, depois de juntar as oferendas, oferte à Selene no 13º e 14º dia, num incensário de barro sobre brasas e com a consciência alterada.

Venha, Gigante Hekate, Guardiã de Dione,
Oh, Persia, Baubo Phroune, flecheira, Lídia não conquistada,
A indomável, a que dobra as cabeças orgulhosas,
Donzela, ouça, tu, que separas portões de aço inquebráveis
Oh, Ártemis, quem também fora protetora,
Ó, poderosa senhora que rompe Terra afora,
Skylakagetis (líder de cães), Enodia (das encruzilhadas), Tricéfala,
Phosphorus, Augusta, donzela,
Eu a chamo, matadora de cervos, Artífice, Ktonia e Polymorphos.
Venha, Hekate Trioditis,
Aquela a quem seus fantasmas de respiração flâmea,
Povoam os caminhos sombrios e duros encantamentos.
Hekate, eu te invoco, a ti e aqueles que morreram sem mulher e filhos,
Com sibilos selvagens e desejos em seus corações…

 

Vá e fique sobre a cabeça de ______________ e lhe roube o doce sono. Não permita que uma pálpebra se una à outra, mas que fique aflita e perca o sono pensando em mim. E que se el__ deitar-se com outr___que o (a) empurre para longe e me mantenha em seu coração. Que o abandone de pronto e esteja em minha soleira, domada pelo amor e desejo pela minha cama.

 

Mas tu, oh, Hekate, a de muitos nomes, a donzela virgem,
Oh, deusa, venha, eu lhe peço, oh, guardiã das soleiras e dos portais de entrada,
Perséfone, Tricéfala, que caminha no fogo, Olhos de Vaca,
BOUORPHORBÊ PANPHORBA PHORBARA AKTIÔPHI ERESCHIGAL
NEBOUTOSOUALÊTH
Ao lado dos umbrais,
PYPYLEDEDÊZO, destruidora de portais,
Venha Hekate, do conselho flâmeo,
Eu vos invoco nos meus sacros cânticos,
MASKELLI MASKELLÔ,
PHNOUKENTABAÔTH OREOBAZAGRA,
Que irrompe Terra afora, Equina Terrestre,
OREÔPEGANYX MORMORON TOKOUMBAI.

 

Que venha em frenesi, rápido à minha soleira, esquecendo seus filhos, sua vida e seus pais, renegando toda a raça humana que não eu, mas que queira somente a mim e que venha com coração domado pela foça gigântea do amor.

 

THÊNOB TITHELEB ENÔR,
TENTHÊNOR, Aquela de muitos nomes,
KYZALEOUSA PAZAOUS,
Assim KOLLYDECHMA e SAB incendeiem sua alma com incessante chama,
ORION e MICHAEL, ambos sentados no alto:
Detém os 7 mares e a terra,
Mantendo sob as vistas aquele que chamam de a grande Serpente.
AKROKODERÊ MOUISRÔ CHARCHAR ADÔNAI ZEUS,
DÊ DAMNAMENEUS KYNOBIUS EZAGRA,
IÔ, toda poderosa;
IÔ, guardiã do todo;
IÔ, sustentáculo de tudo;
ZÊLACHNA: e SAAB SABIOTHE NOUMILLION,
NATHOMEINA,
Sempre KEINETH,
Fiel THESEUS ONYX,
Prudente DAMNAMENEUS,
Deusa vingadora,
Deusa Forte,
Mênade de Espíritos,
Persia SEBARA AKRA,
Venha veloz.
Que el___ esteja à minha porta.

 

ORAÇÃO PARA SELENE, para qualquer feitiço.

Fonte: [PGM IV. 2785 – 2890]
Tradução: Jaiadeva Seus.

“VENHA A MIM, OH AMADA SENHORA, SELENE DE TRÊS FACES E COM GENTILEZA OUÇA ESSES MEUS SAGRADOS CANTOS.

OH JOIA DA NOITE, JOVEM, DOADORA DA LUZ AOS MORTAIS, OH CRIANÇA DA MANHÃ QUE SEGUE MONTADA EM TOUROS INDOMADOS, OH RAINHA CUJA CARRUAGEM SEGUE EM IGUAL PERCURSO COM HÉLIOS, E COM QUEM AS GRAÇAS TRINAS DE TRÍPLICE FORMA DANÇAM JUNTO AS ESTRELAS.

VOCÊ É O FIO QUE ATA A JUSTIÇA E AS MOIRAS, KLOTO E LACHÉSIS E ÁTROPOS DE TRÊS CABEÇAS, TU, PERSÉFONE, MEGAIRA, ALEKTO, DE MUITAS FORMAS, CUJAS MÃOS ESTÃO ARMADAS COM O TERROR, SOMBRIAS LAMPARINAS, QUE BALANÇANDO MOVIMENTA CACHOS DE TEMÍVEIS SERPENTES SOBRE SUA TESTA, CUJO SOM É TAL COMO O BERRO DE MUITOS TOUROS SAINDO POR SUAS BOCAS E CUJO VENTRE ESTÁ ORNADO COM AS ESCAMAS DE RASTEJANTES SERES, COM VENENOSAS SERPENTES SOBRE SUAS COSTAS, QUE ESTÃO ORNADAS COM HORRIPILANTES CORRENTES.

DE CHORO NOTURNO, DA FACE BOVINA, AMANTE DA SOLIDÃO, BUCÉFALA, COM OS OLHOS DO TOURO E A VOZ DOS CÃES. VOCÊ ESCONDE SUA VERDADEIRA FORMA COM AS PATAS DOS LEÕES, SEUS TORNOZELOS FEITO IGUAL AOS DOS LOBOS, CÃES SELVAGENS SÃO QUERIDOS A TI, POR ISSO ELES O CHAMAM HECATE, DE MUITOS NOMES, MENE, FENDENDO O AR TAL QUAL ÁRTEMIS FLECHEIRA, PERSÉFONE, CAÇADORA DE CERVOS, DE BRILHO NOTURNO, TRIPLAMENTE SOANDO.

DE TRÊS FACES, TRÊS VOZES, SELENE DE TRÊS DIREÇÕES, TRÊS FACES, TRÊS PESCOÇOS, O DEUSA DOS TRÍPLICES CAMINHOS, QUE POSSUI O INCESSANTE FOGO FAMÍGERO EM TRÍPLICES TOCHAS, TU QUE FREQUENTA AS ENCRUZILHADAS TRINAS, GOVERNE PELA TRÍPLICE DÉCADA, PARA MIM, EU QUE TE CHAMO COM GENTILEZA E GRAÇA, VENHA, OH VOCÊ QUE PROTEGE O VASTO MUNDO NOTURNO, E CUJA PRESENÇA FAZ TREMULAR EM MEDO OS DAEMONS E FAZ COM QUE OS DEUSES IMORTAIS TREMAM.

DEUSA QUE EXALTA OS HOMENS, VOCÊ DE MUITOS NOMES, POSSUIDORA DE JUSTA DESCENDÊNCIA, COM OS OLHOS DO TOURO, ORNADA COM CHIFRES, MÃE DOS DEUSES, MÃE DOS HOMENS E DA NATUREZA, MÃE DE TODAS AS COISAS, TEU É O OLIMPO, TAL QUAL O AMPLO E ILIMITADO ABISMO QUE TU CRUZAS. TU ÉS COMEÇO E FIM, E TU SOZINHA GOVERNA A TODOS., POIS TODAS AS COISAS VIERAM DE VOCÊ, E EM VOCÊ TODOS, OH ETERNA, ENCONTRAM O FIM.

COMO UM ETERNO LAÇO AO REDOR DE SEUS TEMPLOS, VOCÊ USA AS CORRENTES DO GRANDE CRONOS, INQUEBRÁVEIS E IRREMOVÍVEIS, E EM TUA MÃO REPOUSA O CETRO DOURADO. E AS LETRAS AO REDOR DE SEU CETRO, CRONOS PESSOALMENTE AS ESCREVEU, E DEU A TI PARA QUE TUDO PERMANECESSE INABALÁVEL: SUBJUGADOR E SUBJUGADOS, OH SUBJUGADORA DA HUMANIDADE, FORÇA QUE NOS COMPELE, CAOS, TAMBÉM, TU GOVERNAS.

SALVE, DEUSA, ATENDA POR SEUS EPÍTETOS, EU QUEIMO PARA TI AS ESPECIARIAS, O CRIANÇA DE ZEUS, FLECHEIRA, CELESTE, DEUSA DOS PORTOS, QUE PERCORRE AS MONTANHAS, DEUSA DAS ENCRUZILHADAS, OH CTÔNICA E NOTURNA, OH INFERNAL, DEUSA DAS SOMBRAS, SILENCIOSA E TERRÍVEL, OH VOCÊ QUE SE ALIMENTA ENTRE AS TUMBAS, NOTURNA, SOMBRIA, DOADORA DO CAOS: ANANKE, DIFÍCIL É ESCAPAR DE TI, TUAS SÃO AS MOIRAS E ERÍNIAS, O TORMENTO, JUSTIÇA E A DESTRUIÇÃO, E TU ES A QUE MANTEM CÉRBERUS EM SUAS CORRENTES, COM AS ESCAMAS DA SERPENTE TU ÉS A ESCURIDÃO, OH TU COM CABELOS DE SERPENTES, COROADA DE SERPENTES, QUE BEBE O SANGUE, AQUELA QUE TRAZ A MORTE E A DESTRUIÇÃO, QUE SE BANQUETEIA COM CORAÇÕES, DEVORADORA DA CARNE, QUE INTEMPESTIVAMENTE DEVORA OS MORTOS , TU QUE FAZ RESSOAR O LUTO E ESPALHA A INSANIDADE, VENHA PARA MEU SACRIFÍCIO, E AGORA, POR MIM, CUMPRA ESSE PEDIDO QUE TE FAÇO.”

OFERENDAS PARA ESSE RITO

Se for uma benção, ofereça estoraque, mirra, sálvia, Olíbano e frutas. Porém, se for uma maldição, ofereça a matéria mágica de um cachorro e uma cabra malhada.

FEITIÇO DE PROTEÇÃO PARA ESSE RITO

Pegue uma magnetita e sobre ela esculpa Hécate com três faces. E faça que a face do centro seja de uma donzela com chifres, a face da esquerda de um cão e a face da direita de um bode. Após esculpir, limpe com Natron e água, então mergulhe no sangue de alguém que tenha morrido uma morte violenta. Então faça comidas em oferenda, e diga o mesmo feitiço utilizado no ritual.

Um Sistema Mágico (PGM: 154-285)

Tradução de Jaiadeva Seus dos Pergaminhos Mágicos Gregos, 154-285:

Nephotes para Psammetichos, Rei Imortal do Egito, saudações.

Uma vez que os Deuses o designaram Rei, e a natureza imortal o fez o melhor entre os homens sábios, eu também gostaria de revelar a sabedoria imortal em mim, então enviei esse procedimento mágico,   que com facilidade irá produzir o sagrado poder. E após executá-lo, você também irá se maravilhar com o miraculoso poder dessa operação mágica. Você irá observar pela vasilha de divinação seja dia ou noite, em qualquer lugar que deseje, vislumbrando Deuses nas águas, e ouvirá as vozes dos Deuses falando em verso e respondendo ao que perguntar, você irá alcançar os governantes do Universo, e qualquer um que você convoque, e eles falaram sobre qualquer assunto pelo qual você os interroguem.

Você irá ter sucesso ao seguir esses passos.

  • Primeiro una-se a Hélios desta forma:

A qualquer nascer do sol que desejar (desde que seja o terceiro dia do mês), vá até a parte mais alta da casa e abra uma peça de puro linho sobre o chão. Faça isso acompanhado de um mistagogo. Mas quanto a você, coroe-se com hera enquanto o sol está no meio do céu, na quinta hora, e enquanto olha para cima, deite-se nu sobre o linho, e cubra seus olhos com uma tira de tecido negro. Apos isso envolva-se no linho como um cadáver, feche seus olhos, e mantenha sua mente voltada ao Sol. Quando pronto, comece a oração.

A oração:

“Oh poderoso Tifão, governante do Reino acima e Mestre, Deus dos Deuses, Oh Senhor ABERAMENThÔOU. Oh sombrio agitador, portador dos raios, tufão, iluminador da noite, cujo sopro é frio e quente, treme-terra, tombador de muralhas, que ferve as ondas e perturba os oceanos de grande profundezas, IO ERBET AU TAUI MÊNI, Eu sou aquele que perscrutou  contigo todo o mundo e encontrou o grande Osíris, a quem eu trouxe acorrentado para ti. Eu sou aquele que se juntou a ti na luta contra os Deuses, eu sou aquele que fechou os portões dos Céus e colocou para dormir  a serpente que não deve ser vista, Aquele que paralisou os oceanos, os córregos e os rápidos rios deste reino que tu governa.

E enquanto seu soldado, fui conquistado pelos Deuses, e minha face foi jogada ao chão graças a vazia ira, eleve do chão esse seu amigo, eu peço, eu imploro: Não me lances ao chão, oh Senhor dos Deuses,  AEMINAEBARÔThERREThÔRABEANIMEA Conceda-me poder, eu peço, conceda-me esse favor para que, quando eu chamar um dos Deuses a minha presença, ele venha em resposta a meus cantos, NAINE BASANAPTATOU EAPTOU MÊNOPhAESME PAPTOU MÊNÔPh AESIMÊ TRAUAPTI PEUChRÊ IAO AThThARAUI MÊNOKER BORO PTOUMETH AT TAUI MENI ChARChARA PTOUMAU LALAPSA TRAUI TRAUEPSE MAMO PhORTOUChA AEEIO IOY OÊÔA EAI AEÊI ÔI IAÔ AÊI AI IAÔ.”

Após falar isso por três vezes, este (ou similar) será o sinal deste encontro divino, mas você, armado com  esta alma mágica, não deve ficar alarmado: Um falcão voará e te acertará com as asas, significando que você deve se levantar. Assim, se levantando, e se vestindo com vestes brancas, queimando no incensário o Olibano em grãos, enquanto diz:

“Eu fui tocado por sua sagrada forma, e a mim foi dado o poder mediante seu divino nome. Eu conquistei sua emanação dos Deuses, oh Senhor, Deus dos Deuses, Mestre, Daemon, ANThThOUINThOUThOUI TAUANTI LAÔ APTATÔ.”

Tendo feito isso, retorne enquanto Senhor de uma natureza símil aos  Deuses, que foi conquistada pelo encontro divino.

  • Para consultar a vasilha de divinação e necromancia:

Sempre que quiser consultar sobre questões, pegue uma vasilha de bronze, seja uma tigela ou um pires, qualquer tipo que desejar, e nela despeje água: água da chuva se você estiver chamando os Deuses celestiais, a água do mar se Deuses da terra, água de rio se Osíris ou Serápis e água de nascente se estiver chamando os mortos.

Segurando a vasilha em seus joelhos, despeje sobre ela o azeite de oliva, incline-se sobre a vasilha e fale o feitiço. E enderece qualquer deus que você deseja perguntar sobre qualquer coisa, e ele irá responder a você e informá-lo sobre a mesma. E se ele falou, se despeça dele com o feitiço apropriado. Ao usar esse feitiço  você ficará maravilhado.

O feitiço para ser falado sobre a vasilha de bronze:

“AMOUN AUATAU LAIMOUTAU RIPTOU MANTAUI IMANTOU LANTOU LAPTOUMI ANChÔMACh ARAPTOUMI, junte-se a mim, Oh Deus (a) _____________, apareça para mim nesta hora, e não assustes meus olhos. Junte-se a mim, Oh Deus (a) _____________, Atenda meu chamado, pois Ele deseja e comanda este rito AChChÔR  AChChÔR AChAChACh PTOUMI ChaChChÔ ChARAChÔCh ChAPTOUMÊ ChÔRAChARAChÔCh APTOUMI MÊChÔChAPTOU ChARAChPTOU ChAChChO ChARAChO PTENAChÔChEU (as 100 letras do verdadeiro nome).”

Mas você não é consciente, poderoso rei e líder de magos, que este é o nome principal de Tifão, a quem o chão, as profundezas do mar, Hades, o céu, o sol, a lua, o coro  das estrelas, e Todo o universo treme, o nome que, quando é proferido, traz força a deuses e daemons.

Este é o nome que consiste em 100 letras.

Finalmente, quando você o recitar, quem você chamou aparecerá, Deus ou homem morto, e ele dará uma resposta sobre qualquer coisa que você perguntar.

E quando você aprendeu e estiver satisfeito, se despeça do deus apenas com o poderoso nome das cem letras, como você diz:

“Adeus, Mestre, pois o grande Deus, AChChÔR  AChChÔR AChAChACh PTOUMI ChaChChÔ ChARAChÔCh ChAPTOUMÊ ChÔRAChARAChÔCh APTOUMI MÊChÔChAPTOU ChARAChPTOU ChAChChO ChARAChO PTENAChÔChEU, deseja e comanda isso a você”.

Fale o nome e Ele irá partir. Que esse feitiço, poderoso rei, seja transmitido a você sozinho, protegido por você, e nunca  compartilhado.

Há também o próprio encantamento de proteção que você usará durante o rito, mesmo quando estiver acompanhando alguém que o esteja executando: Em uma folha de prata inscreva este nome de 100 letras com uma caneta de bronze e use-o amarrado em uma tira do couro de um burro.

  • O divino encontra para auxilio divino:

Voltado para o sol nascente, diga: “Eu chamo você que primeiro controlou a ira dos deuses, Você que possui o cetro real dos céus, Você que é o coração de cada estrela celeste. Você, mestre Tifão, eu chamo você que é o temido Soberano sob o firmamento. Você que é aterrorizante, incrível e ameaçador, Você que é sombrio e irresistível, você que odeia o perverso, eu chamo, Oh Tifão, nas horas ilícitas e desmedidas, Você que já andou sobre o insaciável fogo crepitante, Você que está sobre a neve, abaixo do gelo negro, você possui o poder acima das Moiras, eu o invoco nessa oração, eu vos chamo, oh Poderoso, para que me auxilie em tudo que eu te peça, que você acene em agrado e conceda o que peço que seja meu (Adicione o que deseja), posto que eu conjuro GAR ThAIA BAUZAU ThÓRThÓR KAThAUKATh IAThIN NA BORKAKAR BORBA KARBORBOCh MO ZAU OUZÓNZ ÓN YABITH, poderoso Tifão, ouça me, __________________ (O  que deseja)  e execute para mim esta tarefa que peço. Pois eu falo seus verdadeiros nomes,  IÓ ERBÉTh IÓ PAKERBÉTh IÓ BOLChOSÉTh OEN TYPhON ASBARABÓ BIEAISÉ ME NERÓ MARAMÓ TAUÉR ChThENThÓNIE ALAM BÉTÓR MENKEChRA SAUEIÓR RÉSEIODÓTA ABRÉSIOA PhÓThÉR ThERThÓNAX NERDÓMEU AMÓRÉS MEEME ÓIÉS SYSChIE ANThÓNIE PhRA, ouça-me e execute meu este pedido  _________________.”